Nick Jonas lança coleção de roupas em parceria com John Varvatos
Nick Jonas lança coleção de roupas em parceria com John Varvatos
Publicado dia:22/01/18

A marca John Varvatos anunciou hoje (22 de janeiro) sua nova linha primavera/verão 2018, projetada em colaboração com Nick Jonas, a nova coleção recebeu o nome de JV x Nick Jonas.

Em entrevista concedida a revista GQ, o cantor Nick Jonas, que se uniu no ano passado com a marca de tênis Creative Recreation para criar a linha de calçados #1410, falou sobre essa sua última colaboração, seu amor pelas redes sociais e o que está para vir em 2018. Ele também participou de um ensaio fotografico.

ENSAIO FOTOGRÁFICO:

 

COMPRE AQUI:

 

Como surgiu esta parceria?

Na verdade, começou em um jantar que John e eu estávamos, no ano passado. Ficamos sentados um ao lado do outro e falavamos sobre música, moda e de onde ele é, Detroit, e de onde eu venho, Nova Jersey. Era apenas uma conversa verdadeiramente genuína, e uma amizade surgiu disso. Não tínhamos intenção de trabalharmos juntos – era literalmente sobre eu ter encontrado alguém com quem realmente gosto de conversar e sinto que seremos bons amigos, você entende? Algumas semanas depois disso, nós gostamos da ideia [de uma colaboração], tinha que haver algo que pudessemos fazer. Nós nos reunimos para discutir sobre isso e sua nova campanha. Falei com ele sobre o meu amor pela marca ao longo dos anos. Eu posso olhar para trás em certos momentos e especificamente ver isso como parte da minha vida: a performance no MSG quando eu consegui usar essa jaqueta, ou os jeans que estavam lá para mim quando eu mais precisava deles – as partes mais importantes que fazem parte do meu closet que são assinaturas do John Varvatos. Por causa de uma conversa e amizade realmente natural, pensamos que poderia ser algo realmente especial.

Nós sabemos que você ama John Varvatos, mas você sabe por que John pensou que você seria o cara certo para fazer uma parceria?

Eu acho que a ligação comum entre nós dois foi o nosso amor pela música e pela moda, o modo como eles realmente se informam e como eles fizeram isso por muitos anos. Parece engraçado dizer o que John gosta em mim, mas vou falar qual acho que foi o primeiro passo, Nova Jersey é um estado de rock and roll – muita música maravilhosa veio de lá. E nós temos que falar sobre Asbury Park e The Stone Pony, esses locais de música icônicos em Nova Jersey. Então eu comecei a falar com ele sobre Detroit e é uma coisa semelhante: é uma grande cidade americana com muito amor pela música e moda, e as pessoas são incríveis. Nós nos relacionamos com isso. No que diz respeito a ser rosto de sua marca, é uma daquelas coisas que pareciam se ajustar corretamente. Isso teve muito sentido, especialmente quando estávamos falando sobre o que poderíamos fazer juntos. Haviam algumas idéias novas que eu estava trazendo à tona com meu interesse pela moda e as coisas que me atraem, e depois aprendendo com ele sobre o qual é o processo para a construção de uma coleção, quais são as etapas. Eu queria que ele assumisse a liderança e eu fosse estudante, absorvi o máximo que pude, e agradeço que ele me tenha dado a oportunidade de uma contribuição real e ser realmente um parceiro nisso.

Sim, como é o processo para você, alguém que não possui um conhecimento técnico no design?

Eu não tenho um conhecimento em design, mas certamente tenho gostos e essa coisa que vem com estar no mundo pop-cultural nos últimos 12, 13 anos. Eu consegui conhecer algumas pessoas incríveis que são brilhantes no mundo da moda e colaborar com pessoas em uma escala menor, como as peças feitas à medida que eu usava no Met, ou trabalhando com a equipe da Armani e DSquared2 para uma colaboração na turnê nós fizemos. Tive a sorte de estar em círculos excelentes, aprender o máximo possível, sendo humilde e apreciando o processo. Mas tudo começa com interesses e com o que você é atraído. Para mim, isso é tudo, desde as costuras clássicas, até as mais urbanas. Encontrando e mesclando esses dois, é o que John e eu nos concentramos: manter sua identidade na vanguarda, mas também dar uma nova tomada mais moderna.

Qual é a sua peça favorita?

O Detroit hoodie. Eu acho que diz algo realmente legal e abraça as raízes de John, as raízes da marca, e dá um toque agradável, robusto e elegante para as peças mais adequadas e adaptadas em sua coleção.

Sim, isso parece a mistura perfeita do seu estilo e da estética de John – esse 50-50 em pontos positivos.

Adoro ouvir você dizer isso. Nosso pensamento foi, por que não construímos uma coleção de cinco ou seis peças de coisas que podem ser misturadas e combinadas, que são simples, como uma grande jaqueta de couro, algumas camisetas que você pode usar com qualquer coisa. Eventualmente, eu acho que também teremos uma opção adequada, e alguns jeans. Eu acho que cada cara deve ter um ótimo terno que se encaixa e é adaptado especificamente a ele, que ele se sinta confortável e confiante dentro. Olho meu closet, e eu tenho essas peças – a jaqueta de couro que eu venho tendo nos ultimos 10 anos, os jeans que eu não consigo deixar, apesar de haver muitos buracos neles, tudo isso. Eu acho que ter esse equilíbrio é realmente importante.

Para alguém como você, que viaja muito e encontra-se em muitos eventos diferentes, como você compra? Como você guarda na mala?

É uma combinação de duas coisas: trabalho com um excelente estilista chamado Avo. Encontramos as peças que fazem uma declaração ousada e que mostram meu crescimento na moda e meus gostos. E então, além disso, as peças que eu sei que vou precisar quando estiver viajando. Isso é excelente, jeans preto, sapatilhas brancas e ótimos princípios – camisetas cinza, camisetas brancas. E eu sempre, sempre arrumo um terno preto, camisa branca e uma gravata. Você nunca sabe quando vai precisar disso. Fazer compras para mim é interessante. Comprar on-line é ótimo para algumas pessoas, mas eu prefiro vê-las pessoalmente. Eu tenho alguns pontos em L.A. e em Nova York por onde eu gosto de comprar, os designers que conheço vão funcionar bem com a minha compilação e gosto. Normalmente, quando faço as compras, evito me divertir e confio no meu estilista para me ajudar. No que diz respeito a camisetas, hoodies e casacos, esse é o mundo que eu escolho para fazer minhas compras.

Então, basicamente, você fez sua coleção de compras perfeita para John Varvatos. Além disso, você modelou a coleção também. Como foi isso?

Eu gosto de criar um processo para fotos, e também há um vídeo aqui. Com as redes sociais sendo um grande motorista nos dias de hoje, penso que é importante colocar algum tempo e esforço nessas campanhas criativas e juntas podendo tornar sua presença on-line única, diferente e mostrar sua personalidade.

Falando em redes sociais, adorei sua foto com Mariah Carey no Globo de Ouro. É incrivel.

É realmente incrível. Eu gosto do Instagram, das plataformas de redes sociais, porque é mais fácil mostrar sua personalidade e quem você é. Eu tento manter esse equilíbrio de coisas sobre as quais eu preciso publicar, coisas que tem acontecido, mas também um olhar sobre minha vida e quem eu sou. Eu mal posso acreditar que esta é a minha vida às vezes, então eu sinto a necessidade de compartilhar coisas que estão fora desse mundo, como conhecer Mariah Carey ou o que quer que seja. É tudo sobre mesclar isso.

Parece que você terá um 2018 ocupado – você tem um álbum saindo em breve, certo?

Se tratando de um álbum ou eu fazer um lançamento em estilo de singles nos próximos 12 meses, estou realmente disposto a evoluir com o mundo da música e muito mudou. Há mais músicas no horizonte e mais projetos de atuação. Além disso, escrevi uma peça de teatro e roteiro, o que eu acho muito especial e tenho recebido bons comentários por isso.

Você não pode nos provocar assim. Pode nos dizer algo mais?

Oh não. [risos] Você só não sabe para onde irá. Podem ser meses a anos até serem feitos. Para mim, é sobre ser criativo e permanecer criativo. É sobre não deixar o fato de que eu não fiz nada antes me impedir de tentar e fazê-lo. A descoberta é importante – você quer rolar com ela e ver onde esses projetos o levam.

Então você fez algumas colaborações agora. Você lançará sua própria linha?

Eu acho que é da mesma maneira que penso sobre o atual lado das coisas. Quando estava no set, seja em Kingdom ou Jumanji, eu realmente tento ser um estudante de todo o processo – não apenas o meu processo de ator, mas com o objetivo de querer escrever e dirigir algum dia. Mas eu sei que quero chegar a um lugar onde eu já estive, em torno de pessoas criativas suficientes e em filmes suficientes para que as pessoas confiem em mim. Do mesmo jeito, quero continuar estudando por um tempo. Para trabalhar com alguém como John, com uma carreira como a dele, e uma marca que é um nome familiar. Então, eventualmente, se houver uma oportunidade de fazer algo por conta própria, sentirei que terei a experiência e o tempo com alguém que poderia me ensinar. Eu vou ter paciência com isso, mas vejo que o céu é o limite.

 

Confira o vídeo propaganda da coleção JV x Nick Jonas:

Escrito Por: Clara
Categoria: Entrevista | Noticias
Tags: | , , , , ,