Nick Jonas fala sobre Diabetes Tipo 1 na revista NIH MedlinePlus

Nick Jonas fala sobre Diabetes Tipo 1 na revista NIH MedlinePlus

Publicado dia 01 / 06 por Beatriz

A revista NIH MedlinePlus tem como objetivo apresentar para as pessoas as melhores e atualizadas informações sobre saúde, além de mostrar pessoas de todos os setores da vida que falam sobre como lidam com seus desafios de saúde e foi a vez de Nick Jonas falar um pouco sobre a sua doença Diabetes Tipo 1.

Nick Jonas é um cantor, compositor, produtor e ator de sucesso. Ele também é um dos, aproximadamente, 1,25 milhões de americanos que vivem com diabetes tipo 1. Jonas, agora com 24 anos, foi diagnosticado aos 13 anos e surgiu como uma voz líder na conscientização sobre a doença.

Em 2015, ele ajudou na fundação Beyond Type 1, uma organização sem fins lucrativos que visa aumentar a consciência sobre diabetes “para ambos viverem bem hoje e para financiar um futuro melhor”. A revista NIH MedlinePlus o entrevistou e perguntou sobre sua experiência dentro e fora dos palcos com diabetes tipo 1, e pediu para enviar uma mensagem para outros com a doença.

NIH: Você compartilharia as circunstâncias do seu diagnóstico de diabetes tipo 1? Quais foram os seus pensamentos iniciais?

NJ: O meu pensamento quando fui diagnosticado foi de uma preocupação real para o meu futuro, antes de tudo como intérprete, e também não sabendo nada sobre a doença. Eu acho que inicialmente estava pensando que iria limitar a minha capacidade de seguir meus sonhos.

NIH: Como você gerencia sua diabetes tipo 1? Você usa uma bomba de insulina?

NJ: Eu uso uma bomba de insulina para ajudar a administrar minha diabetes, verifico meu açúcar no sangue com frequência e faço o meu melhor para conhecer meu corpo e sentir se estou alto ou baixo (nível glicêmico). Mais do que tudo, confio no meu médico e sigo todos os seus conselhos.

NIH: O que você faz para gerenciar sua dieta e exercício? 

NJ: Eu escolho viver uma vida bastante saudável com meus hábitos alimentares. Mas eu adoro exercícios físicos. Eu acho que é sobre ser sincero e falar com as pessoas com quem você está trabalhando, ou treinadores e amigos com quem você está treinando, sobre a doença e como cuidar das situações se elas surgirem.

NIH: Como sua família te apoiou em tudo isso?

NJ: Minha família tem sido um apoio incrível desde o momento em que fui diagnosticado até agora. Tornei-me muito independente e optei por ser independente em relação a doença, mas nunca tive medo de confiar neles quando surgiram certas situações.

NIH: Qual mensagem você tem para os outros que vivem com diabetes tipo 1?

NJ: Saiba que você ainda pode fazer qualquer coisa que você queira fazer com sua vida. Não deixei diminuir a velocidade, e você não precisa também. Além disso, não desanime. É difícil, porque é uma doença tão imprevisível do dia a dia. Mesmo quando você acha que sabe como gerenciá-lo, há momentos em que seu corpo simplesmente faz o que deseja. Então seja paciente e não fique frustrado.

 

Publicado dia: 01 / 06

Escrito Por: Beatriz

Nas Categorias: Entrevista

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Notice: Undefined index: efbl_enable_popup in /home/nickjbr/public_html/wp-content/plugins/easy-facebook-likebox/public/easy-facebook-likebox.php on line 379

Notice: Undefined index: efbl_enable_popup in /home/nickjbr/public_html/wp-content/plugins/easy-facebook-likebox/public/easy-facebook-likebox.php on line 379